Alma de Caboclo

Zilo e Zalo

Compositor: Não Disponível

É cruel a minha saudade que eu sinto neste instante
Recordando tão distante o sertão onde nasci
Recordando Rio Verde a cachoeira murmurante
A floresta verdejante que deixei longe daqui

Vou voltar pra minha terra, vou matar minha saudade
Pois na vida da cidade eu não me acostumei
O bom filho à casa torna bem por isto estou de volta
Vou bater na mesma porta que um dia abandonei

Minha alma de caboclo se alegra e se encanta
Quando a cigarra canta numa tarde de calor
Quando chega a madrugada o sertanejo levanta
Porque o galo quando canta é o seu despertador

O caboclo sertanejo é um herói desconhecido
Porque não é promovido com medalha e galardão
Mas na luta do progresso no Brasil de sul a norte
O seu braço rijo e forte é o esteio da nação

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital