Amarga Confissão

Zilo e Zalo

Compositor: Benedito Seviero / Zalo

"Padre, aqui estou de joelhos
E com meus olhos vermelhos venho implorar teu perdão
Pela cruz do teu rosário
Escutai senhor vigário minha amarga confissão"

Há muito tempo aqui nesta igreja
Perante Deus fiz um juramento
O senhor mesmo foi o vigário
Que abençoou o meu casamento
Porém um dia em minha vida
Surgiu o vulto da tentação
Eu desprezei a minha querida
E dei à outra meu coração

A inocente foi se acabando
Chorando sempre a triste sorte
E por meu nome sempre chamando
Deixou a vida buscando a morte
Na mesma igreja que aquele dia
O senhor fez a nossa união
Hoje ela veio por despedida
Toda enfeitada em seu caixão

Quero sofrer o maior castigo
Por penitência senhor vigário
Porque o remorso que me persegue
É a cruz pesada do meu calvário
E como prece a Deus entrego
Ao sacrifício a própria vida
Somente ele perdoará
A minha alma que está perdida

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital