O Mesmo Castigo

Zilo e Zalo

Compositor: Benedito Seviero / Rocha Menezes

Te conheci como simples operário
Que lutava numa vida de amargura
Te contratei para ser minha secretária
E transformou na mais linda criatura
Nossas vidas eram igual um paraíso
Porém teus olhos me feriam o coração
Passei a noite a sonhar com teu sorriso
Fiquei perdido no domínio da paixão

Tu perdestes a timidez e a ingenuidade
Ganhastes o nome no conceito social
Sempre meu sonho foi ter dar felicidade
E tu pagastes tanto bem com tanto mal
Tu conhecestes nesta mesma sociedade
Alguém que quis dar-te a vida mais feliz
Transformastes os teus atos em maldade
Esquecendo todo bem que eu te fiz

Se alguém um dia estiveres novamente
Precisando de abrigo e de trabalho
Darei o cargo que ocupastes antigamente
Se em meus braços não terás mais agasalho
Serei sempre para ti o mesmo amigo
Porque o bem não olha a quem faz
Porém não quero reviver o amor antigo
Serei apenas teu colega e nada mais

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital