A Cruz da Vingança

Zilo e Zalo

Compositor: Miguelzinho / Zilo

"Um moço forte vistoso pela ambição dominado
Desistiu de sua noiva com um golpe planejado
Por uma viúva rica se fingiu apaixonado
Assim se casou com ela , no dinheiro interessado"

E depois do casamento pouco tempo se passou
Numa fria madrugada triste plano ele traçou
Enquanto a mulher dormia sua vida ele tirou
E debaixo de cedreiro o cadáver sepultou

Quando amanheceu o dia pra cidade ele seguiu
E pra todos seus amigos friamente ele mentiu
Dizendo que sua esposa cruelmente lhe traiu
E com seu antigo amante pra bem longe ela fugiu

Depois que passou um dia no lugar foi alarmado
Apesar da chuvarada o tronco tinha secado
Seus galhos caindo ficou um de cada lado
Formando a cruz da vingança jazigo abandonado

Ele iludiu a povo, mas Deus não enganou
E depois de encarcerado sua culpa confessou
Trinta anos de prisão o seu crime condenou
Pela justiça divina que na terra Deus mandou

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital